Áreas de Actividade

Áreas de Actividade

Bancário e Financeiro

A J. A. Pinto Ribeiro & Associados presta apoio jurídico a diversos bancos de investimento e instituições financeiras e de crédito, aconselhando alguns dos mais importantes grupos nacionais e internacionais em todas as áreas em que a sua actividade se desenvolve, quer no que respeita às suas relações com as entidades de supervisão quer na concepção e estruturação de operações de financiamento de aquisições, fusões e privatizações e outras no âmbito de corporate finance e project finance, nomeadamente envolvendo emissão de dívida, titularização, instrumentos financeiros e operações de financiamento estruturado, com especial atenção à ponderação do risco jurídico associado a novas soluções e produtos financeiros oferecidos aos respectivos clientes finais.

Em especial, a J. A. Pinto Ribeiro & Associados presta assessoria jurídica no âmbito de processos de constituição de Instituições de Crédito, Sociedades Financeiras e Empresas de Investimento e respectiva autorização ou notificação para o exercício da sua actividade em Portugal; operações de private equity; processos de (re)privatização; e operações de reestruturação da área de gestão de activos de grupos financeiros.

Esta Sociedade de Advogados está igualmente vocacionada para o acompanhamento global de entidades emitentes ou distribuidoras, em Portugal, de valores mobiliários nacionais e estrangeiros, em todos os aspectos relacionados com a sua actividade, e para a estruturação de operações em bolsa de valores ou mercado de balcão incluindo ofertas e admissões à negociação, produtos financeiros estruturados, futuros e opções e swaps. A J. A. Pinto Ribeiro & Associados presta assessoria jurídica, em especial, no âmbito de ofertas públicas de distribuição e de aquisição de valores mobiliários; emissão e admissão de valores mobiliários à negociação em mercados regulamentados e não regulamentados; constituição de Fundos de Investimento e Fundos de Capital de Risco; colocação, em Portugal, de Organismos de Investimento Colectivo estrangeiros; e negociação de instrumentos financeiros ao abrigo de contratos-padrão aprovados por associações profissionais, como a ISDA - International Swaps and Derivatives Association.